Product Development and Risk Partnership: a Case Study

Citar

APA

Marques, É. V., Serio, L. C. D., Furtado, M. (2002). Product Development and Risk Partnership: a Case Study. RAE - eletrônica, 1(1).

ABNT

MARQUES, É. V.; SERIO, L. C. D.; FURTADO, M. Product Development and Risk Partnership: a Case Study. RAE - eletrônica, v. 1, n. 1, janeiro-junho, 2002.

Érico Veras Marques - Outros artigos deste autor
Luiz Carlos Di Serio - FGV-EAESP - Outros artigos deste autor
Mauro Furtado - Outros artigos deste autor

A indústria aeronáutica sempre se caracterizou por possui altos custos de investimentos em capital, pessoal, tempo e tecnologia no processo de desenvolvimento de novos produtos. A forte concorrência no mercado de transporte aéreo tem pressionado os fabricantes na construção de novos modelos de aeronaves dentro de um espectro de produtos que atendam as necessidades especificas de cada segmento do mercado, ou seja produtos cada vez mais customizados. O uso do desenvolvimento integrado de produtos através de parcerias de risco tem sido usado por algumas industrias com o objetivo de minimizar os investimentos acima citados, assim como redução do ciclo de desenvolvimento de produtos, tendo como conseqüência a redução do time to market. O presente trabalho tem como objetivo analisar, a partir de diversos modelos de competitividade, como a industria aeronáutica brasileira esta fazendo uso do desenvolvimento integrado de produtos com parceiras de riscos efetivamente ser um diferencial no mercado.

The aeronautical industry has always been known for having high investment costs concerning capital, personnel , time and technology as it engages in the process of developing new products. The strong competition in the air transport market has been putting pressure on the manufacturers to build new aircraft models in a range of products which assists the specific needs of each segment of the market, that is, always more customized products. The integrated development of products through risk partnership has been used by some industries aiming to minimize the investments mentioned above, as well as to reduce the cycle of products development, what results in reduction of time to market. This work aims to analyze, considering various models of competitiviness, how the Brazilian aeronautical industry is making the integrated development with risk partnerships a real distinguishing feature in the market.

Parceria de Risco, Desenvolvimento de Produto, Competitividade.
Risk Partnership, Product Development, Competitiveness.

Envie seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede