Análise da Eficiência de Empresas Familiares Brasileiras

Citar

APA

Oro, I. M., Beuren, I. M., Hein, N. (2009). Análise da Eficiência de Empresas Familiares Brasileiras. RAE - eletrônica, 8(2).

ABNT

ORO, I. M.; BEUREN, I. M.; HEIN, N. Análise da Eficiência de Empresas Familiares Brasileiras. RAE - eletrônica, v. 8, n. 2, julho-dezembro, 2009.

O artigo analisa a eficiência, relacionando, por meio da técnica Análise Envoltória de Dados, a estrutura de capital e o lucro operacional das empresas familiares que integram a lista das 500 maiores empresas do Brasil, conforme a revista Exame - "Melhores e Maiores de 2005". A pesquisa realizada é descritiva relacional, do tipo levantamento, com abordagem quantitativa. Das 175 empresas com controle acionário brasileiro, 59 responderam ao questionário informando serem empresas familiares, constituídas como limitadas ou sociedades anônimas. Excluídas as empresas limitadas, a amostra final restringiu-se a 39 empresas. Os resultados demonstram, com relação à estrutura de capital, que a primeira e a terceira geração utilizam mais capital próprio do que capital de terceiros. O lucro e a lucratividade são maiores na terceira geração. A Análise Envoltória de Dados indicou três empresas em cada geração como as mais eficientes. Conclui-se que, nas empresas analisadas, a terceira geração apresentou mais eficiência nas variáveis analisadas.

Using the Data Envelopment Analysis technique, this article analyzes the efficiency of the capital structure and operating profit of family companies included on the 500 largest companies in Brazil, in accordance with Exame magazine's "Biggest and Best of 2005". The research methodology used was descriptive relational, of a survey with a quantitative approach. Of the 175 companies with Brazilian shareholder control, 59 responded to the questionnaire confirming their status as family companies, either in the form of limited companies or other societies. Removing the limited companies, the final sample was made up of 39 companies. The results showed that with relation to the capital structure, the first and third generation used more of their own capital than from outside sources. The profit and the profitability are greater in the third generation. The data envelopment analysis indicated three companies in each generation as the most efficient. It was concluded from the companies analyzed that the third generation showed more efficiency in the variables analyzed.

Estrutura de capital, lucro operacional, eficiência, análise envoltória de dados, empresas familiares.
Capital structure, operational profit, efficiency, data envelopment analysis, family companies.

Enviar un comentario nuevo

El contenido de este campo se mantiene privado y no se mostrará públicamente.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede