Os Acordos de Redução-reorganização do Tempo de Trabalho - Negociações e Conseqüências Econômicas

Citar

APA

Boulin, J., Taddei, D. (1991). Os Acordos de Redução-reorganização do Tempo de Trabalho - Negociações e Conseqüências Econômicas. RAE-Revista de Administração de Empresas, 31(2), 5-24.

ABNT

BOULIN, J.; TADDEI, D. Os Acordos de Redução-reorganização do Tempo de Trabalho - Negociações e Conseqüências Econômicas. RAE-Revista de Administração de Empresas, v. 31, n. 2, abr-jun, p.5-24, 1991.

Os acordos de redução-reorganização do tempo de trabalho parecem ser particularmente relevantes do ponto de vista da eficácia econômica e social. Inscritos em uma perspectiva de aumento dos mercados e sendo uma resposta a uma capacidade produtiva insuficiente ou a uma retração de atividades, eles visam a prolongar o tempo de funcionamento das máquinas e/ou a adaptar o seu uso às flutuações da demanda. Mais outorgada do que negociada, a redução do tempo de trabalho aparece como a contrapartida social mais adequada à instauração de horários novos, pouco cômodos para os assalariados. Se é difícil avaliar seu impacto sobre a competitividade das empresas, ele tem se mostrado positivo em termos de rentabilidade financeira, de investimento e do emprego.

Agreements which associate reduction and reorganization of working time seem to be particularly relevant as far as the economic and social effectiveness is concerned. These agreements are market oriented and are an answer to insufficient manufacturing capacity or to constraints on productive capacity. They aim at increasing the equipment operating hours and/or at adapting its use to demand fluctuations. Working time reduction, which has been rather granted than negociated, appears to be the best social counterpart to the unsocial hours due to reorganizations. It is difficult to measure these agreements impact on the firms competitiveness; nevertheless they have shown a positive impact on their profitability as well as on investment and on employment.

Acordos de empresas; redução-reorganização do tempo de trabalho (2RT); tempo de utilização dos equipamentos (DUE); articulação do econômico. com o social
Firms agreements; working time reduction and reorganization; operating hours; relationship between the economic and social dimensions of working time
Num. Páginas: 
5-24

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede