A Preferência por Subscrições Privadas de Ações no Brasil

Cite

APA

Rêgo, R. B., Ness Jr., W. L. (2007). A Preferência por Subscrições Privadas de Ações no Brasil. RAE - eletrônica, 6(2).

ABNT

RêGO, R. B.; NESS JR., W. L. A Preferência por Subscrições Privadas de Ações no Brasil. RAE - eletrônica, v. 6, n. 2, julho-dezembro, 2007.

Este artigo investiga a preferência de empresas brasileiras não financeiras por emissões particulares de ações ou por emissões públicas no período de 1995 a 2002. Apresenta-se evidência estatística descritiva, e em seguida são desenvolvidos modelos de análise discriminante múltipla e de regressão logística. Os resultados apontam maior propensão à emissão privada de ações por empresas com menor rentabilidade ou maiores prejuízos, que realizaram emissões de menor porte, apresentam maior concentração de propriedade, maior endividamento, menor liquidez por negócio em Bolsa de Valores, e empresas estatais ou holdings.

This article investigates the preference of non-financial Brazilian firms for public issues or private placements of equity as a source of capital from 1995 to 2002. Empirical evidence is presented by means of descriptive statistics, followed by the development of Multiple Discriminant Analysis and Logistic Regression models. The results reveal greater propensity to use private issues for firms with lower returns on equity and profits, smaller issues, high control concentration, more debt, less liquid stocks; and for holding and State-owned companies.

Mercado de capitais, emissões de ações,subscrições privadas,ofertas públicas, estrutura de capital.
Capital market, stock issues, private placements, public offerings, capital structure.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede