Gestão do Paradoxo "passado Versus Futuro": uma Visão Transformacional da Gestão de Pessoas

Cite

APA

Mascarenhas, A. O., Vasconcelos, F. C. de., Vasconcelos, I. F. G. de. (2006). Gestão do Paradoxo "passado Versus Futuro": uma Visão Transformacional da Gestão de Pessoas. RAE - eletrônica, 5(1).

ABNT

MASCARENHAS, A. O.; VASCONCELOS, F. C. de.; VASCONCELOS, I. F. G. de. Gestão do Paradoxo "passado Versus Futuro": uma Visão Transformacional da Gestão de Pessoas. RAE - eletrônica, v. 5, n. 1, janeiro-junho, 2006.

Isabella Freitas Gouveia de Vasconcelos - Centro Universitário da FEI - Other articles of this author

Este artigo contribui para as discussões sobre o papel da gestão de pessoas nos processos de mudança organizacional, mostrando como a adoção de determinadas orientações podem diminuir os efeitos da polarização perceptiva entre o passado e o futuro que é uma das causas dos fenômenos de resistência à mudança e estresse nos processos de mudança organizacional. Para isso, associam-se as temáticas da administração das mudanças organizacionais e da gestão de pessoas, analisadas em uma perspectiva dialética da evolução. Discute-se o paradoxo entre as dimensões "passado" e "futuro" nas organizações e os seus efeitos no que se refere à gestão das mudanças. Analisa-se um estudo de caso com o objetivo de avançar a discussão do modelo transformacional de gestão de pessoas, mostrando como os efeitos do paradoxo "passado versus futuro" foram evitados em uma organização que implementou mudanças por meio de estratégias adaptativas por meio das quais os indivíduos puderam utilizar os meios de ação e cognição desenvolvidos na estrutura organizacional anterior para se identificar e se engajar em um novo projeto de organização.

We intend to contribute to the discussions of the role of people management in the processes of organizational changes, showing that the adoption of certain premises of people management has the potential for decreasing the effects of "past versus future paradox", one of the causes of resistance to change and stress in change processes. For that, we associate in this article the themes of change management and people management, analyzed in a dialectical perspective of social evolution. We discuss the paradox constituted by the "past" and "future" dimensions of reality and its effects related to the management of changes. Through a case study, we advance the discussions of the Transformational Model of Human Resources Management, showing how an organization managed to avoid the effects of the paradox discussed implementing changes through adaptive strategies, through which the individual used the means of action and cognition developed in the previous organizational structure to be identified and engaged with the building of a new organization.

Gestão de pessoas, gestão das mudanças, paradoxos organizacionais, resistência a mudanças.
Human Resources Management, Change Management, Organizational Paradoxes, change resistance.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede