Gestão do Conhecimento e Competências Essenciais: um Estudo de Caso na Indústria Automobilística

Citar

APA

Vieira, A., Garcia, F. C. (2004). Gestão do Conhecimento e Competências Essenciais: um Estudo de Caso na Indústria Automobilística. RAE - eletrônica, 3(1).

ABNT

VIEIRA, A.; GARCIA, F. C. Gestão do Conhecimento e Competências Essenciais: um Estudo de Caso na Indústria Automobilística. RAE - eletrônica, v. 3, n. 1, janeiro-junho, 2004.

O presente artigo trata das mudanças no sistema de gestão de pessoas, em organizações guiadas pela gestão do conhecimento e competências. Seu objetivo é descrever e analisar as novas formas e conteúdos dos processos de seleção e formação dos trabalhadores, colocadas em curso numa organização do setor automotivo que investe no desenvolvimento das habilidades e conhecimentos dos trabalhadores, a fim de mantê-los articulados com as mais recentes inovações microeletrônicas. Foram realizadas 26 entrevistas nas áreas de fabricação de motores, manutenção, regulagem de ferramentas e desenvolvimento organizacional. Os resultados mostram a gestão do conhecimento e das competências articuladas, as formas estratégicas de selecionar os trabalhadores mais flexíveis, prever sua capacidade de adaptação e desenvolver a formação de mão-de-obra fora do padrão-massa. Assim, investe-se naqueles que verdadeiramente interessam ao processo, a fim de reduzir custos operacionais, ao mesmo tempo em que são desenvolvidos sistemas motivacionais capazes de gerar envolvimento, integração e comprometimento.

This article deals with the changes in the practices of people management, in organizations guided by the knowledge management. The aim is to describe and analyze new ways and contents of selection processes and worker formation, applied in an organization of the automobile sector that bets on the need to develop the workers' abilities and knowledge, in order to keep them updated with the most recent microelectronic innovations. Twenty- six interviews were carried out in the areas of motors manufacturing, maintenance, tools regulation and organizational development. The results show knowledge management and competence management as strategic ways of selecting more flexible workers, predicting their capacity of adaptation and developing labor out of the mass standard. In this way, the organization invests in those workers who are really interested in the process, in order to reduce operational costs, while motivational systems, capable of generating involvement, integration and commitment, are developed.

Gestão do conhecimento, gestão de competências, inovações tecnológicas, seleção, treinamento.
Knowledge management, competence management, technological innovations, selection, training.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede