Vínculos profissionais em hospitais de pequeno porte brasileiros

Work and employment relations in small Brazilian hospitals
Vínculos profesionales en hospitales brasileños de pequeño porte
Citar

APA

Barbosa, A. C. Q. (2017). Vínculos profissionais em hospitais de pequeno porte brasileiros. RAE-Revista de Administração de Empresas, 57(2), 178-195. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-759020170207

ABNT

BARBOSA, A. C. Q. Vínculos profissionais em hospitais de pequeno porte brasileiros. RAE-Revista de Administração de Empresas, v. 57, n. 2, março-abril, p.178-195, 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-759020170207

Allan Claudius Queiroz Barbosa - UFMG - Outros artigos deste autor
RESUMO
Este estudo descreve os vínculos profissionais a partir de pesquisa em 3.524 hospitais de pequeno porte (HPP) brasileiros definidos na faixa de 0 a 50 leitos. Realizado in loco por meio de survey, teve como resultado relevante, além de criar base de dados até então inexistente, fornecer evidências para caracterizar essas instituições. Os principais resultados encontrados demonstram diferentes vínculos profissionais sendo utilizados nos contratos de trabalho, com maior ênfase nos vínculos estatutário, Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e autônomos, e não sugerem diferenças quanto ao perfil de atenção e/ou aspectos gerais de estrutura e funcionamento. O vínculo profissional, mesmo refletindo uma situação contextual de origens estruturais nos novos rearranjos do mundo do trabalho e emprego, não permite conclusões definitivas acerca de seu impacto no cotidiano dasaúde, mas abre possibilidades de estudos futuros em sintonia com outras dimensões de análise.
PALAVRAS-CHAVE | Vínculos profissionais, recursos humanos, hospitais, saúde, Brasil.
 
ABSTRACT
The present study describes the work and employment relations observed in a survey with 3,524 small hospitals (HPP) – i.e., hospitals with 0-50 beds – in Brazil. It was conducted in loco and its relevant results were the creation of a groundbreaking database on the subject and evidence for characterizing these institutions. The main findings show various work and employment relations in use in work agreements, with a greater emphasis on statutory relationships, agreements regulated by the Consolidated Labor Laws (Consolidação das Leis Trabalhistas [CLT]), and self-employment. Findings do not suggest differences regarding the profile of attention and/or general aspects of structure and functioning. Although they reflect a context structurally originated from new rearrangements in the work and employment world, work and employment relations do not allow definite conclusions about their impact on healthcare’s daily routine. However, it opens the possibility for future studies in line with other dimensions of analysis.
KEYWORDS | Work and employment relations, human resources, hospitals, health, Brazil.
 
Num. Páginas: 
178-195

Envie seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede