RAE-Revista de Administração de Empresas, vol. 56, n. 5, setembro-outubro 2016

Editorial: 
Check it out in English

Há quase duas décadas, o Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais (SIMPOI) tem se destacado no cenário nacional, com parceria internacional relevante com o Production and Operation Management Society (POMS), nas edições de 2001 e 2007. Em 2015, o Simpósio teve a participação de pesquisadores de 16 estados brasileiros e de outros três países, e os artigos indicados para prêmio foram convidados a participar do Fórum RAE-SIMPOI, organizado pelos professores Charbel José Chiappetta Jabbour, da University of Stirling, na Escócia, Rafael Teixeira, da Escola de Gestão e Negócios da UNISINOS, no Rio Grande do Sul, e Susana Carla Farias Pereira, da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da FGV. Os organizadores do Fórum apresentam, na abertura, um breve panorama sobre a produção acadêmica em gestão de operações e apontam que os artigos internacionais mais citados buscam orientar metodologicamente as pesquisas nesse campo, especialmente as de base qualitativa como estudos de caso. Dos 10 trabalhos mais citados, argumentam os organizadores, apenas dois tratam de questões teóricas, um voltado para operações sustentáveis e outro para a gestão de operações em situações de crises e desastres. Os organizadores destacam, ainda, a importância de pesquisa aplicada, com impacto prático na gestão de operações. Por fim, os editores apresentam os artigos selecionados que, após serem submetidos ao processo de avaliação por pares, foram aprovados para publicação.

Mas, além dos artigos aprovados no Fórum, outros dois artigos da área compõem esta edição da RAE-Revista de Administração de Empresas, que está praticamente dedicada à área de operações e logística. O artigo “Evaluación de la distribución espacial de plantas industriales mediante un índice de desempeño”, de Pablo Alberto Pérez Gosende, propõe um indicador para dimensionar o desempenho de plantas industriais já existentes e apresenta um caso prático de uma empresa do setor metal-mecânico, que registrou melhoria de cerca de 50% na sua distribuição espacial. Em “The state of research on cleaner production in Brazil”, Geraldo Cardoso Oliveira Neto, Fábio Ytoshi Shibao e Moacir Godinho Filho apresentam o estado da arte em pesquisas sobre produção limpa no Brasil.

Os autores mostram que a aplicação de produção mais limpa (PML) não é comum no nosso país e apontam que países em desenvolvimento têm mais dificuldade de desenvolver políticas para práticas desse tipo. Essa questão, entretanto, é essencial para o desenvolvimento sustentável, e o tema, conforme indicado pelos autores do Fórum, é central na pesquisa em gestão de operações. A Pensata desta edição, de Paulo Marcelo Ferraresi Pegino, discute a importância da obra de P. Ricouer para os estudos organizacionais. Exatamente na contramão de uma apologia de pesquisas aplicadas, o autor mostra as “armadilhas da operacionalização precoce e da simplificação”. Um contraponto interessante para o clássico debate entre teoria e prática. Completa esta edição a Resenha sobre administração de eventos e a seção de Indicações Bibliográficas sobre os temas criatividade e música.

Boa leitura!

MARIA JOSÉ TONELLI | Editora-chefe
Professora da Fundação Getulio Vargas, 
Escola de Administração de Empresas de São Paulo
São Paulo – SP, Brasil

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede