RAE-Revista de Administração de Empresas, vol. 5, n. 14, jan-mar 1965

Editorial: 

O enigmático leitor

Quem é, afinal, o nosso leitor? Como reage ao receber um novo exemplar da Revista? E, sobretudo, que faz ao terminar a leitura de um artigo? Assumirá atitude indiferente, entusiástica ou de repulsa? - É difícil descobrir respostas representativas a essas e outras indagações semelhantes que incitam nossa curiosidade . A simples revisão do fichário de assinantes revela, por vezes, pequenas surpresas: nome de um amigo que não sabíamos ser leitor da Revista; referência a uma esquecida vitela no remoto interior brasileiro; frequente repetição de· algumas empresas que parecem distribuir a publicação aos funcionários categorizados . Mas a dúvida persiste: que fazem os leitores com a Revista? Resolvemos realizar um inquérito entre os leitores junto à população paulistana. Desejávamos a sua palavra - fria ou calorosa, mas pessoal. Optamos pela entrevista  pois o questionário por correio nunca oferece o mesmo sabor da comunicação direta. O questionário poderia assim, ser predominantemente "aberto", permitindo que os entrevistados se manifestassem mais extensamente. Foi o que fizeram sempre que encontrados em seus escritórios ou residências, o que em alguns casos foi tão difícil que fomos obrigados a substituir vários nomes da relação original, selecionada por critérios rigorosamente equiprobabilísticos. Ao final, foram entrevistados, durante o período de dois meses, 73 leitores da RAE, graças à pertinácia dos nossos colaboradores Sres. Sílvio P. de Paula, Deodato F. Ferrite e Rames Talib. A pesquisa, se até certo ponto confirmou algumas das nossas suspeitas, não deixou de revelar, também, vários aspectos inesperados . Ademais, recebemos valiosas críticas e sugestões, e conseguimos colher melhores informes sobre os principais desejos dos nossos leitores. Todos esses dados serão analisados pelo Corpo Redatorial e servirão de decisivo ponto de referência para a formulação de novas diretrizes, essenciais à dinamização da RAE . No entanto, ainda não nos damos por satisfeitos . Gostaríamos que também se manifestassem todos aqueles que não puderam ser entrevistados, enviando-nos impressões sobre os assuntos ventilados no inquérito, cujos principais resultados publicamos no "Fórum de Opiniões" da presente edição.

Raimar Richers

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede