RAE-Revista de Administração de Empresas, vol. 37, n. 2, abr-jun 1997

Editorial: 

RAE, EAESP/FGV E O CONHECIMENTO ADMINISTRATIVO

Paulatinamente a RAE passa a redefinir seu espaço entre os meios de divulgação do conhecimento administrativo. Este mercado encontra-se em relativa ebulição com o surgimento de novos veículos com propostas murto interessantes. Ainda é cedo para se afirmar categoricamente qual o significado destas mudanças. Sabe-se que em período não muito longo a segmentação de mercado levará cada publicação a desenhar sua "rala própria". O compromisso da RAE é com a inovação do conhecimento em gestão de empresas submetida ao crivo da EAESP/FGV. Desta maneira, o perfil delineado em edições anteriores deverá ser cada vez mais reafirmado. Reservamos para este segundo número de 1997 um conjunto de artigos que espelham parte da identidade de nossa parent organization, a EAESP/FGV. Maurício Serva recupera o pensamento de Guerreiro Ramos, autor que muito influenciou vários professores da FGV e da EAESP em particular. Questões como racionalidade substantiva e racionalidade instrumental, tão caras a Guerreiro, voltam a ser discutidas neste artigo. Eugêne Enriquez, que nos encantou em sua passagem pela Escola, faz uma instigante incursão pelos caminhos da ética. A tão discutida "análise bayesiana" volta à baila, aplicada às decisões de preço em clima de incerteza, com o artigo de Jorge Motta. Nosso artigo de capa versa sobre Política de Comércio Exterior e Crescimento Industrial no Brasil e nesta matéria pode-se rever as características de nossa industrialização e examinar ganhos e distorções da estratégia de substituição de importações. O artigo de Umberg et alii é resultado de pesquisa conduzida por nosso professor-visitante durante sua estada na EAESP. Finalmente, na área de Produção podemos contar com a contribuição de Carmem Sanches (Mecanismos de lnteriorização de Custos Ambientais da Indústria) e de Fábio de Souza Abreu (QDF - Desdobramento da Função Qualidade - estruturando a satisfação do cliente). Na RAE Light, em Persona/depoimento, publicamos o testemunho de Frans Sluiter ex-GEO da Philíps do Brasil e grande incentivador de programas emergentes na EAESP, entre os quais o M8A (Master in Business Adminislration). Na seção I Contraponto, trazemos a contribuição teórica de João Kon ao estudo da aceleração das mudanças em organizações.

Roberto Venosa

Editor e Diretor

 

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede