Controle por Resultados no Local de Trabalho: Dissonâncias Entre o Prescrito e o Real

Cite

APA

Faria, J. H. de., Hopfer, K. R. (2006). Controle por Resultados no Local de Trabalho: Dissonâncias Entre o Prescrito e o Real. RAE - eletrônica, 5(1).

ABNT

FARIA, J. H. de.; HOPFER, K. R. Controle por Resultados no Local de Trabalho: Dissonâncias Entre o Prescrito e o Real. RAE - eletrônica, v. 5, n. 1, janeiro-junho, 2006.

José Henrique de Faria - UFPR - Outros artigos deste autor
Kátia Regina Hopfer - Outros artigos deste autor

O presente artigo procura mostrar as contradições e conflitos inerentes às relações de trabalho submetidas à lógica do sistema capitalista de produção por meio do controle social no trabalho. Esse controle foi analisado a partir de quatro instâncias organizacionais - mítica, sócio-histórica, organizacional e grupal - de base psicossociológica, com o intuito de ampliar uma matriz teórico-metodológica utilizada nos estudos organizacionais na linha de pesquisa Economia Política do Poder. Na presente pesquisa foi possível identificar dissonâncias entre o ambiente prescrito e o real, bem como o exercício do controle social por resultados por meio do estímulo à competição interna, à individualidade e à busca da identificação individual ao sucesso organizacional. Esses mecanismos de controle correspondem a valores intrínsecos do sistema capitalista de produção enquanto estratégias de gestão empresarial.

This article analyses the type of social control, in function of results that can be encountered in working relations today. Analyses were done from the point of view of four psycho-sociological instances related: mythical instance, social-historical instance, organizational instance and group instance. The methodological choice intended to analyze a theoretical matrix developed in Brazil and an international industry was chosen. Administrative contradictions, generated from conflicts during working relations, were observed. Data does not show a democratic firm environment, but an atmosphere of strongly controlled freedom. By departing from these indicators it will be possible to gather elements to find innovative solutions enhancing quality in the firm's management and in the relationship with employee. For both, management and employees, the common goal is to face through success and good strategies the challenging global economy.

Controle social, relações de trabalho, poder, instâncias psicossociológicas, dominação.
Social control, working relations, power, psycho-sociological instances, domination.

Envie seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede