Cultura, Poder e Decisão na Organização Familiar Brasileira

Cite

APA

Macêdo, K. B. (2002). Cultura, Poder e Decisão na Organização Familiar Brasileira. RAE - eletrônica, 1(1).

ABNT

MACêDO, K. B. Cultura, Poder e Decisão na Organização Familiar Brasileira. RAE - eletrônica, v. 1, n. 1, janeiro-junho, 2002.

Kátia Barbosa Macêdo - Outros artigos deste autor

O presente artigo visa apresentar o impacto da psicodinâmica do poder e da cultura organizacional no processo decisório, em uma empresa familiar brasileira. O estudo de caso utiliza a observação participante e a entrevista na coleta de dados. Os sujeitos são diretores e gerentes de uma empresa familiar de médio porte, e os dados coletados são tratados por meio da análise psicodinâmica de Pagès e da análise gráfica do discurso de Lane. Como resultados, tem-se: a super valorização das relações afetivas, da confiança mútua, da antigüidade, dedicação e fidelidade. Relações chefias - subordinados autoritárias e paternalistas, preferência pela comunicação verbal e pelos contatos pessoais. O processo decisório tende ao improviso, busca consenso e é influenciado pelas relações de poder e por aspectos emocionais, ligados a fatores culturais das empresas familiares.

This study shows an analysis of the impact of organization culture and the psycho-dynamics of power on the decision process in a familly firm. The investigation, based on case study methods, used participant observation and interviews with directors and managers of a familiar firm in Brazil. The data had been analyzed using Pagès psycho-dynamic approach and Lane´s graphical discourse analysis. It was found that the organization priorizes and emphatizes the affective relations, mutual confidence, loyalty, length of service and dedication and uses these as criteria for promotions. Managers- subordinates relations was marked by both authoritarianism and paternalism. Verbal communication and personal contacts were preferred. The decision process tended to be improvised, during which consensus and also influenced by power and cultural relations based on emotional factors having their origin in family questions.

Cultura, organização, poder, empresa familiar brasileira, decisão organizacional.
Organizations, culture, power, Brazilian family firm, making decisions process.

Envie seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
To prevent automated spam submissions leave this field empty.

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede