Editor científico

Papel do Editor Científico e suas atribuições

O editor científico tem uma atuação decisiva no processo editorial e contribui para pautar o periódico dentro de sua área especifica de conhecimento. A RAE possui um corpo de editores científicos composto por 79 membros, os quais são criteriosamente selecionados dentre os pesquisadores mais atuantes em cada uma das subáreas de Administração.
 
No processo editorial da RAE, o editor científico tem um papel semelhante ao do associate editor de muitos periódicos estrangeiros. Todos os artigos que são submetidos à RAE e que forem aprovados no desk review passam pelo rigoroso crivo de cada área de especialidade, o que é feito pelo Editor Científico da RAE.
 
O Editor Científico é responsável pelo processo do artigo designado a ele, acompanhando o processo até a finalização do fluxo editorial (aprovação ou rejeição), sugerindo avaliadores para o blind review, fazendo comentários pertinentes, pontuando mais claramente os tópicos a serem aperfeiçoados e/ou complementando as indicações de melhoria do artigo.
 
Critérios para coordenação/revisão
 
Espera-se que a triagem do editor científico seja mais focada em aspectos que traduzam o estado da arte da área específica do artigo, tais como: atualidade e pertinência da revisão de literatura, coleta e análise de dados de acordo com os parâmetros praticados na área, conclusões relevantes, etc. Observe que esta triagem não é ainda uma avaliação completa, mas apenas uma verificação do potencial do artigo para contribuir com o conhecimento específico da área.
 
Se o editor científico considerar que o artigo contém contribuição relevante para a área, ele é indicado para o tradicional processo de double blind review e será avaliado por dois especialistas da área. Os dois pareceres são consolidados pelo Editor Científico e Editor Chefe e encaminhados aos autores para procederem às possíveis alterações sugeridas. Um terceiro avaliador pode ser convidado se as avaliações forem insuficientes.
 
Quando uma nova versão do artigo, incorporadas as modificações, retorna à Redação, cabe ao editor científico avaliar comparativamente a nova versão com as recomendações de aperfeiçoamento realizadas anteriormente e as justificativas dos autores, o que pode gerar várias rodadas de aperfeiçoamentos do artigo. A partir daí espera-se que o artigo esteja já em um nível adequado para publicação.
 
Em cada trabalho publicado na RAE, o nome do editor científico que coordenou seu fluxo editorial é informado na primeira página do artigo.

Os membros do Corpo Editorial Científico devem ter pleno conhecimento e garantir alinhamento ao Código de Ética RAE-publicações.

 

06/06/2016 - 09:50

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância

                                                                                                                                                70 Anos FGV            FGV Notícias         FGV News