GV-executivo, vol. 3, n. 4, nov-jan 2004

Editorial: 

Esta edição marca mais uma inovação na GV-executivo: os números temáticos. Doravante, cada nova edição será dedicada a um tema específico. Iniciamos com o tema da cultura, que será abordado em três dimensões: a cultura organizacional, a gestão da cultura e a questão da cultura.
A cultura organizacional constitui perspectiva tradicional nos estudos sobre as empresas. Nos últimos 20 anos, pesquisadores e executivos se dedicaram a desvendar a cultura organizacional, a diagnosticar problemas com base na cultura de empresa e a tentar (nem sempre com sucesso) mudar valores e comportamentos.
A gestão da indústria cultural é um tema emergente em Estudos Organizacionais. À medida que esse setor cresce e ganha relevância social e econômica, legisladores, empreendedores, executivos e pesquisadores passam a lhe dedicar mais atenção. Trata-se de contexto ambíguo e cheio de contradições, freqüentemente marcado por denúncias de "mercantilização" da arte.
A questão da cultura - o cinema, o teatro, a música, a literatura, as artes plásticas, etc. - é um tema perene e complexo. Refletir sobre a cultura e suas manifestações significa refletir sobre a própria condição humana.
A união dessas três dimensões em uma única publicação é um projeto ambicioso, que foi viabilizado por uma parceria inédita com o site Digestivo Cultural. Nos últimos quatro anos, o Digestivo se consolidou como uma vitrine aberta e inteligente na Internet, um local de encontro para jovens colunistas, ensaístas consagrados e seus leitores. Nesta edição da GV-executivo, o Digestivo tem um espaço nobre, no centro da revista, ocupado por algumas das mais conhecidas penas nacionais.
Em seu livro Against Interpretation, a ensaísta Susan Sontag comenta a polarização cultural de nosso tempo: de um lado, a cultura científica; de outro, a cultura literária e artística. Cada uma delas constitui um universo cognitivo próprio, com diferentes definições de problemas, metodologias e técnicas de investigação. A cultura literária e artística é humanista e generalista. Seu foco principal é o ser humano e o seu desenvolvimento. A cultura científica é uma cultura de especialistas. Ela busca a construção de teorias e a solução de problemas. Entretanto, Sontag advoga que o aparente conflito entre essas duas culturas é uma ilusão que está se esvaindo, dando origem a uma sensibilidade unificadora. Esse movimento relaciona-se às mudanças da experiência humana. Nele, a arte tem sua função mudada: de uma operação mágico-religiosa, passa a ser um instrumento para a modificação da consciência e a organização de novos modos de sensibilidade. Caem as fronteiras convencionais. A nova sensibilidade deve ser pluralista. Desejamos que esta edição represente mais um passo nessa direção.

Julio Daio Borges
Diretor de Redação - Digestivo Cultural

Thomaz Wood Jr.
Diretor e Editor - RAE-publicações
 

Expediente: 

Diretor de Redação
Thomaz Wood Jr.

Conselho Editorial
Carlos Osmar Bertero, Clóvis-L.-Machado-da-Silva, Fernando S. Meirelles, Marcelo Cândido de Melo, Mário César M. de Camargo, Olga Stankevicius Colpo, Thomaz Wood Jr., Wagner Carelli, Leonardo Benedito Laraya Toscano.

Editores
Pedro F. Bendasolli
Thomaz Wood Jr.

Supervisor do Projeto Gráfico
Wagner Carelli

Projeto Gráfico
inc.design editorial

Produtor
José Rubens Izzo

Revisores
Ana Silvia A. da Fonseca
Francisco José M. Couto
Danielle Sales

MARKETING
Responsável: Roseli Mazario
Assistentes: Bernardete Bonello
Rosa Maria Cadete de Almeida

ADMINISTRAÇÃO / PUBLICIDADE
Responsável: Ilda Fontes
Representante Comercial: Casa de Sucesso
Estagiária: Camila Tiemi Okazaki

Projetos especiais
Andrea Leite Rodrigues

Imagens e fotos
Yara Mitsuishi e Associação Rodrigo Mendes - ARM

ARTE / EDITORAÇÃO ELETRÔNICA
Diagramação: Cristiane Tassi

DISTRIBUIÇÂO
Comunidade acadêmico-científica: 2.500 exemplares
Assinantes pagos: 2.000 exemplares
Assinantes cortesia: 500 exemplares
Comunidade Empresarial: 7.000 exemplares
Assinantes pagos: 5.500 exemplares
Assinantes cortesia: 500 exemplares
Circulação dirigida: 1.000 exemplares
Livrarias: 500 exemplares
Total tiragem: 10.000 exemplares

VENDAS - ASSINATURAS
Tel.: (11) 3281-7999 / 7778
SAC 0800-16-2311
www.rae.com.br

PONTOS DE VENDA
Livraria Prefeito Faria Lima, tel. (11) 3281-7875 - São Paulo - SP; Livraria J. Carneiro, tel. (21) 2536-9199, Rio de Janeiro - RJ; Fnac; Livraria Atlas; Livraria Cultura; Livraria Laselva; Livraria Siciliano.

PRODUÇÃO INDUSTRIAL
Impressão e Acabamento: Gráfica Bandeirantes
Periodicidade Trimestral
® marca depositada

CAPA
Manacá, Tarsila do Amaral, 1927, Óleo sobre tela
Imagem cedida por Simão Mendel Guss

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede